Petróleo fecha em alta de olho nas reservas e no dólar fraco

terça-feira, 6 de novembro de 2007 19:48 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - O preço do petróleo fechou em forte alta nesta terça-feira, atingindo recorde acima de 97 dólares por barril em reação ao fraco dólar e aos temores com o fornecimento, realçados pelas previsões de queda das reservas da commodity na semana passada.

Na Nymex, o contrato com entrega em dezembro subiu 2,72 dólares, para 96,70 dólares por barril, sendo negociado entre 94,41 e o recorde de 97,10 dólares.

Em Londres, o petróleo tipo Brent avançou 2,77 dólares para 93,26 dólares por barril, operando entre 91,05 e 93,56 dólares.

"São os especuladores comprando, especialmente com o dólar caindo tanto", disse Mark Wagoner, analista da Excel Futures.

Os contratos futuros de óleo para aquecimento também atingiram pico histórico, já que os contratos do petróleo se recuperaram da perda de quase 2 dólares na segunda-feira.

O dólar teve menor valor registrado frente ao euro e a uma cesta de moedas em meio a temores dos investidores de que a crise no crédito esteja longe de ter fim.

As exportações do México foram afetadas por condições meteorológicas e isso deve ter contribuído para um recuo nos estoques dos EUA na semana passada, segundo analistas.

Uma pesquisa da Reuters com 13 analistas na terça-feira previu que os estoques de petróleo dos EUA caíram 900 mil barris na semana até 2 de novembro. As reservas de derivados teriam recuado em 400 mil barris. A gasolina ficaria perto da estabilidade, com alta de apenas 100 mil barris.

(Por Robert Gibbons)