PANORAMA1-Dados do mercado de trabalho nos EUA devem dar o tom

sexta-feira, 7 de março de 2008 08:18 BRT
 

SÃO PAULO, 7 de março (Reuters) - Depois das notícias ruins que derrubaram as bolsas norte-americanas, arrastando os mercados brasileiros, os investidores seguirão de olho em importantes dados econômicos dos Estados Unidos nesta sexta-feira.

Às 10h30 (horário de Brasília), o governo norte-americano divulga os número do mercado de trabalho em fevereiro e a expectativa de analistas ouvidos pela Reuters é de que tenham sido criados 25 mil postos de trabalho fora do setor agrícola.

Mas mesmo assim, se espera uma elevação da taxa de desemprego, de 4,9 por cento para 5 por cento.

Com todas as atenções voltadas aos sinais sobre uma possível recessão na maior economia do mundo, os dados do início da manhã devem dar o tom do dia.

POLÍTICA

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva passa o dia no Rio de Janeiro iniciando oficialmente as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em três favelas da cidade. As obras no complexo do Alemão, Manguinhos e Rocinha custarão 1,14 bilhão de reais, sendo 838,4 milhões do governo federal.

Consideradas as mais radicais intervenções em favelas do Rio, as obras do PAC incluem saneamento, moradias e equipamentos sociais. No Alemão, serão investidos 601 milhões de reais, que contemplam a construção de um teleférico de 2,9 quilômetros, que ligará a estação ferroviária mais próxima a cinco pontos diferentes do complexo. Manguinhos receberá investimentos de 358,7 milhões, e a Rocinha, 180,2 milhões.

  Continuação...