Lula diz que governo faz sua parte para salvar Gradiente

terça-feira, 6 de maio de 2008 14:26 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira em Manaus que o governo está fazendo a sua parte para salvar a Gradiente, mas ressaltou que a situação da empresa é delicada.

A menção à situação da Gradiente deveu-se à manifestação de trabalhadores, que pediram ao governo que salve a empresa durante visita de Lula a Manaus para inauguração de obras de abastecimento. A Gradiente tem fábrica na zona franca de Manaus.

"O governo federal tem tentado criar as condições para salvar a Gradiente... Luciano Coutinho, presidente do BNDES, é um companheiro que está tentando ajudar, nós vamos fazer o que estiver ao nosso alcance para ajudar a Gradiente a voltar a produzir e a gerar empregos", afirmou Lula durante seu discurso, distribuído pela assessoria da Presidência.

"Eu não sei se vai ser possível, porque não depende só do governo, a empresa está em uma situação delicada, mas nós vamos tentar fazer a nossa parte", acrescentou Lula.

A Gradiente enfrenta grave crise financeira e tem dívidas de 284 milhões de reais. A empresa tenta encontrar uma saída e negocia um socorro com o BNDES.