BOLSA EUA-Wall Street sobe com Fannie Mae e alta do petróleo

terça-feira, 6 de maio de 2008 18:13 BRT
 

(Texto atualizado com mais informações e comentário de analista)

Por Ellis Mnyandu

NOVA YORK, 6 de maio (Reuters) - As bolsas norte-americanas fecharam em alta nesta terça-feira com comentários da Fannie Mae FNM.N sobre os mercados de crédito e imobiliário dando suporte às ações financeiras, enquanto um novo recorde no petróleo impulsionou as ações do setor energético.

Especulações de que a Microsoft (MSFT.O: Cotações) pode retomar as conversas com o Yahoo (YHOO.O: Cotações) alimentaram uma recuperação nas ações tecnologias. As ações do Yahoo ganharam 5,5 por cento, enquanto que a Microsoft subiu 2,1 por cento, liderando a alta do S&P 500.

Após recuar durante a maior parte da sessão, os índices passaram a operar no positivo quando altos executivos da Fannie Mae, maior financiador de imóveis dos Estados Unidos, afirmarem que o pior da crise do mercado de crédito pode já ter passado. Os comentários apagaram as preocupações com as grandes perdas trimestrais e impulsionaram as ações do setor financeiro.

A Fannie Mae saltou quase 9 por cento, e seu rival menor Freddie Mac FRE.N avançou 7,1 por cento.

Os preços do petróleo ultrapassaram os 122 dólares pela primeira vez, levando junto com eles as ações do setor energético.

"Quando eu cheguei para trabalhar hoje, nós achávamos que ações da Fannie Mae ficariam abaixo de 25 dólares, mas de alguma forma o público investidor recebeu a notícia de que eles tiveram uma conference call bastante positiva", disse Angel Mata, diretor gerente da ações da StifelNicolaus Capital Markets.