JURO-Inflação em SP mostra alívio e taxas recuam na BM&F

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008 16:20 BRST
 

SÃO PAULO, 7 de fevereiro (Reuters) - As projeções de juros recuaram nesta quinta-feira, acompanhando a desaceleração do IPC-Fipe de janeiro e uma discreta melhora das principais bolsas de valores.

A inflação ao consumidor em São Paulo caiu de 0,82 por cento em dezembro para 0,52 por cento, com uma menor pressão dos preços de alimentos.

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) janeiro de 2009 --o mais procurado nesta sessão-- caiu de 12,08 para 12,0 por cento ao ano. O DI janeiro de 2010 recuou de 12,71 para 12,64 por cento. O DI julho de 2008 passou de 11,45 para 11,40 por cento.

TÍTULOS PÚBLICOS

O Tesouro Nacional vendeu quase 93 por cento da oferta de títulos prefixados feita ao mercado nesta quinta-feira. Foram negociados 3,52 milhões de papéis, entre LTN e NTN-F.

O lote de NTN-F com vencimento em janeiro de 2014 foi o único que não foi completamente vendido, com 20 mil dos 300 mil papéis aceitos, à taxa máxima de 12,99 por cento.

As 500 mil NTN-F com resgate em janeiro de 2012 foram vendidas a 12,945 por cento.

No leilão de LTN, foram vendidos 1,5 milhão de títulos para janeiro de 2009, à taxa máxima de 12,11 por cento, e 1,5 milhão com resgate em janeiro de 2010, a 12,83 por cento.   Continuação...