PANORAMA2-BCs europeus reagem a desaceleração, NY fica volátil

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008 18:26 BRST
 

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 7 de fevereiro (Reuters) - A desaceleração econômica começou a incomodar os bancos centrais da Europa. A resposta, nesta quinta-feira, veio com um corte de juro na Grã-Bretanha e uma sinalização de afrouxamento monetário pelo Banco Central Europeu (BCE).

O Federal Reserve já reduziu o juro básico norte-americano em 2,25 pontos percentuais desde setembro --epicentro da atual turbulência financeira. Na Europa, Jean-Claude Trichet, presidente do BCE, lembrou que a inflação ainda preocupa e a decisão foi de manter o juro desta vez, em 4,0 por cento.

Mas a indicação de que os juros europeus podem cair já foi suficiente para abalar o euro, que recuou frente ao dólar.

Os principais índices de Wall Street operavam com volatilidade e chegaram a exibir alta diante do interesse de investidores nos preços considerados baixos de algumas ações após três dias consecutivos de queda.

A instabilidade externa se refletiu no mercado de câmbio no Brasil e na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

No mercado de juros, a maioria das taxas recuou com a inflação mais suave do que o previsto em São Paulo em janeiro. Segundo a Fipe, o Índice de Preços ao Consumidor desacelerou de 0,82 por cento em dezembro para 0,52 por cento.

Veja como encerraram os principais mercados nesta quinta-feira:   Continuação...