Wall Street afunda com recorde de petróleo

quarta-feira, 7 de maio de 2008 18:20 BRT
 

Por Ellis Mnyandu

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas norte-americanas fecharam em forte queda nesta quarta-feira, com preocupações sobre inflação e alta na taxa de juro à medida que o petróleo saltou para um novo recorde acima de 123 dólares por barril.

Investidores se desfizeram de ações de bancos, construtoras e de companhias que dependem de gastos do consumidor em meio a temores de que os altos preços de energia afetem a demanda e aumentem a crise do mercado imobiliário.

O American International Group puxou o Dow e o S&P 500 após as ações da seguradora caírem 7 por cento um dia antes de ela divulgar seus resultados, que devem mostrar o segundo prejuízo trimestral consecutivo devido a sua exposição a invesimentos em hipotecas contaminadas.

Também acrescentaram preocupações aos investidores os comentários no fim da sessão do presidente do Federal Reserve de Kansas City, Thomas Hoenig. Ele afirmou que o banco central precisa estar pronto para elevar as taxas de juros de foram rápida, devido à "incômoda" perspectiva inflacionária.

"A inflação é definitivamente uma preocupação pois o Fed não tem muito para usar na luta contra a inflação além do aumento da taxa de juro, e se a economia não está crescento da forma que eles querem, aumentos do juros se somam ao ambiente de dificuldade", disse Alan Lancz, presidente da Alan B. Lancz & Associates.