AGENDA POLÍTICA-Rice deve tratar da crise latina em Brasília

sexta-feira, 7 de março de 2008 17:10 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Na próxima semana, a secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice, estará em Brasília, quando irá tratar de assuntos bilateriais, como a cooperação na área de biocombustíveis, e deverá abordar a crise da Colômbia com o Equador.

Em Brasília, ela terá encontros na quinta-feira com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com o ministro Celso Amorim (Relações Exteriores).

Fontes do Itamaraty afirmaram nesta sexta-feira que do encontro entre Amorim e Rice fazem parte temas regionais e mundiais, "sem restrições", o que inclui a crise latina.

A tensão entre os dois países foi decorrente do bombardeio e da incursão de tropas colombianas no território equatoriano, no sábado, quando foi morto o número dois das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Raúl Reyes. A violação do território foi reconhecida, mas não condenada, pela Organização dos Estados Americanos (OEA).

Rice estará na sexta-feira em Salvador (BA), onde será recebida pelo governador Jaques Wagner (PT). Na sequência, segue para o Chile.

ORÇAMENTO E CPI

Na quarta-feira, o Congresso está programado para votar o Orçamento da União deste ano, adiado em função de demanda da oposição. A base do governo já avisou que pretende votar a proposta orçamentária mesmo sem acordo. A votação estava marcada para quinta-feira, mas foi adiada por falta de consenso entre os líderes partidários.

A dificuldade permanece, desde a semana passada, em torno de um anexo que destina 534 milhões de reais a emendas, de destaques apresentados ao relatório e de proposta de aumento dos recursos destinados às compensações previstas na Lei Kandir.

Antes, na terça-feira, está prevista a instalação da CPI que vai investigar o uso dos cartões corporativos do governo federal. A presidente da comissão, Marisa Serrano (PSDB-MS), escolhe formalmente o deputado Luiz Sérgio (PT-RJ) como relator e na semana seguinte os 22 membros da CPI devem discutir o cronograma de trabalho.

Também na terça-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva viaja ao Tocantins, para dois compromissos. Em Dianópolis, visita projeto de irrigação e inaugura o reservatório de contenção da barragem Manoel Alves. Depois, em Palmas, dá sequência ao lançamento de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). (Reportagem de Carmen Munari)