7 de Dezembro de 2007 / às 20:34 / 10 anos atrás

PANORAMA-Dados nos EUA não assustam e mercados esperam Fed

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 7 de dezembro (Reuters) - Os dados de novembro sobre o mercado de trabalho nos Estados Unidos não trouxeram surpresa negativa para o mercado, e permitiram uma sessão de relativa tranquilidade nesta sexta-feira.

Em diversos segmentos do mercado, o volume de negócios diminuiu.

O relatório do Departamento de Trabalho mostrou que os EUA criaram 94 mil empregos no mês passado, pouco mais do que o previsto por economistas de Wall Street. Na avaliação do mercado, esse resultado manteve aberto o caminho para uma redução do juro pelo Federal Reserve de 0,25 ponto percentual.

“O relatório sobre o emprego esteve longe de ser vigoroso, mas também não sugeriu que a economia esteja afundando”, disse o economista Michael Moran, da Daiwa Securities America.

Pesquisa da Reuters no final da tarde mostrou que todos os 17 dealers primários consultados prevêem corte de 0,25 ponto percentual.

No Brasil, o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) perdeu fôlego após oito altas consecutivas e mais um recorde histórico.

Na próxima semana, além da decisão do Fed na terça-feira, o mercado acompanha índices de inflação nos EUA. O principal item da agenda doméstica é o Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre, que será divulgado na quarta-feira.

Veja como encerraram os principais mercados nesta sexta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,759 real, em baixa de 0,96 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 1,8 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa caiu 0,23 por cento, a 65.638 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 5,87 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

A cerca de uma hora do fechamento, o índice de principais ADRs brasileiros subia 0,50 por cento, aos 38.363 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) caíram na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F). O DI janeiro de 2009 fechou a 11,66 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 foi a 12,34 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, recuava para 134,3 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,47 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil cedia 15 pontos, a 202 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 224 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

No horário de fechamento da Bovespa, o índice Dow Jones .DJI subia 0,15 por cento, a 13.640 pontos. O Nasdaq .IXIC recuava 0,12 por cento, para 2.705 pontos. O índice S&P 500 .SPX exibia variação negativa de 0,08 por cento, a 1.506 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, caía e o rendimento avançava para 4,13 por cento no final da tarde ante 4,02 por cento na quinta-feira.

Reportagem adicional de Daniela Machado e Rodolfo Barbosa; Edição de Daniela Machado

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below