Asssessora de Obama se demite após chamar Hillary de "monstro"

sexta-feira, 7 de março de 2008 15:20 BRT
 

Por Caren Bohan

CHICAGO, 7 de março (Reuters) - Uma assessora do pré-candidato presidencial norte-americano Barack Obama deixou sua campanha nesta sexta-feira por causa do alvoroço causado por uma entrevista em que ela chamou a rival dele no Partido Democrata, Hillary Clinton, de "monstro".

Samantha Power fez o comentário em uma entrevista ao jornal escocês The Scotsman, publicada nesta sexta-feira.

"Ela tomou a decisão de renunciar e nós aceitamos", disse Robert Gibbs, diretor de comunicações da campanha de Obama.

Power foi assessora de Obama em seu gabinete no Senado antes de começar a trabalhar como consultora na campanha presidencial, há 14 meses.

O comentário de Power ameaçava deixar Obama numa situação constrangedora, já que ele tem criticado Hillary pelo que considera táticas negativas de campanha. Ele tem enfatizado seu objetivo de ficar acima de rusgas políticas.

Obama, senador por Illinois, e Hillary, senadora por Nova York, estão envolvidos numa batalha acirrada pela nomeação como candidato dos Democratas à Presidência dos Estados Unidos, na eleição de novembro.

O jornal deixou claro que Power tinha dito, durante a entrevista, que não queria que o comentário fosse atribuído a ela.

"Ela é um monstro, também -- isto é uma declaração em off (confidencial)", disse Power a respeito de Hillary.   Continuação...