Ações do Credit Suisse caem por notícia de baixa contábil

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008 09:48 BRST
 

ZURIQUE, 7 de janeiro (Reuters) - As ações do banco suíço Credit Suisse CSGN.VX chegaram a recuar cerca de 3 por cento nesta segunda-feira, após um jornal do país ter reportado que a instituição financeira enfrentará baixas contábeis em seus negócios de hipotecas comerciais e financiamentos alavancados.

O Credit Suisse tem até o momento ficado relativamente ileso à crise no mercado imobiliário de alto risco dos Estados Unidos, que tem forçado muitos bancos, incluindo o também suíço UBS UBSN.VX, a fazer grandes depreciações de ativos.

Um porta-voz do Credit Suisse recusou-se a comentar matéria do jornal suíço Sonntag no domingo que previu baixas contábeis no banco.

Às 9h44 (horário de Brasília), as ações do Credit Suisse recuavam 2,36 por cento, para 64,15 euros.

As preocupações com a exposição do Credit Suisse a hipotecas comerciais têm assombrado as ações da instituição por meses. Os papéis do banco caíram 19,7 por cento em 2007.

O Credit Suisse é um dos bancos globais mais ativos em conseguir financiamentos para imóveis comerciais lastreados a títulos. O banco também tem forte atuação no mercado de empréstimos alavancados para financiar aquisições no mundo corporativo.

(Reportagem de Andrew Hurst)