BNDESPar entra na Santelisa Vale, que vai para o Novo Mercado

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008 18:01 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 7 de janeiro (Reuters) - A empresa de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, BNDESPar, vai investir 150 milhões de reais para se tornar sócia da Santelisa Vale, companhia produtora de açúcar e álcool resultante da fusão entre os grupos Santa Elisa e Vale do Rosário.

Segundo comunicado do BNDES, nesta segunda-feira, o objetivo é viabilizar a expansão e modernização da empresa e contribuir para a abertura de capital da companhia no Novo Mercado. O projeto prevê a construção de seis usinas de açúcar e álcool em Minas Gerais e Goiás.

A Santelisa Vale aumentará sua capacidade de esmagamento dos atuais 19 milhões de toneladas para 35 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, na safra 2011/2012, e vai gerar 7 mil empregos diretos, que serão somados aos 14 mil já existentes, informou o banco.

A expansão também prevê aumento de geração de energia a partir do bagaço de cana, dos atuais 417 mil megawatts-hora-ano para 870 mil MWh-ano, numa primeira etapa, e 1,57 milhão MWh-ano na etapa seguinte.

"A atuação da BNDESPar contribuirá para a abertura de capital da empresa no Novo Mercado, com melhoria das práticas de governança. Dará, ainda, visibilidade do papel do Banco como importante agente na consolidação de futuros empreendimentos do setor", afirmou a instituição no comunicado.

Além da BNDESPar, são sócios da holding que reúne os ativos de açúcar e álcool dos grupos Vale do Rosário e Santa Elisa as famílias Biagi e Junqueira e o banco Goldman Sachs.

(Reportagem de Denise Luna; Edição de Roberto Samora)