Dois japoneses e um norte-americano ganham Nobel de física

terça-feira, 7 de outubro de 2008 07:55 BRT
 

ESTOCOLMO, 7 de outubro (Reuters) - Dois cientistas japoneses e um norte-americano nascido em Tóquio dividiram o prêmio Nobel de física de 2008, pelo trabalho com física subatômica, informou o comitê do prêmio na terça-feira.

O comitê premiou Yoichiro Nambu, cidadão norte-americano nascido em Tóquio, pela descoberta do mecanismo de "quebra espontânea de simetria em física subatômica".

Ele divide metade do prêmio de 10 milhões de coroas suecas (1,4 milhão de dólares) com Makoto Kobayashi e Toshihide Maskawa, laureados pelo trabalho que previu a existência de pelo menos três famílias de quarks (uma das três partículas hipotéticas que constituiriam a base de todas as partículas atômicas conhecidas) na natureza.

O prêmio, concedido pelo Comitê Nobel de Física da Academia Real Sueca de Ciências, foi o segundo entregue este ano. Na segunda-feira, foram conhecidos os vencedores do prêmio Nobel de medicina.

Os prêmios são entregues anualmente para pessoas que se destacam nas áreas de ciências, literatura, paz e economia. Os prêmios levam o nome de Alfred Nobel, milionário sueco que inventou a dinamite, e começaram no ano de 1901, como estabeleceu o testamento deixado por Nobel em 1895.