PETROBRAS participará de licitação para Carabobo, diz diretor

segunda-feira, 7 de julho de 2008 17:08 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 7 de julho (Reuters) - O diretor de Abastecimento da Petrobras (PETR4.SA: Cotações), Paulo Roberto Costa, informou que a estatal decidiu abrir mão dos 10 por cento que iria ter no campo de Carabobo 1, na Venezuela, para participar da licitação que será realizada pelo país vizinho, tentando uma fatia de 40 por cento no projeto.

"Decidimos abrir mão dos 10 por cento e vamos participar da licitação internacional, com o objetivo de ter 40", declarou Costa.

Os 10 por cento que a Petrobras teria em Carabobo seria uma contrapartida pela participação da estatal venezuelana PDVSA na refinaria de Pernambuco.

Ele informou ainda que as negociações para a compra da refinaria Valero, em Aruba, foram suspensas até que se resolva a questão de arbitragem entre a estatal brasileira e o grupo Astra sobre divergências na refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

"A questão é a sinergia que nós teríamos da Valero com Pasadena, então não vamos avançar enquanto não resolvermos o problema com a Astra", afirmou.

(Reportagem de Denise Luna; edição de Roberto Samora)