REEDIÇÃO-COSAN inicia construção de unidade de R$450 mi em Goiás

quinta-feira, 7 de agosto de 2008 17:25 BRT
 

(Acrescenta a palavra "litros" no segundo parágrafo)

SÃO PAULO, 7 de agosto (Reuters) - O grupo Cosan (CSAN3.SA: Cotações), maior produtor de açúcar e álcool do Brasil, anunciou nesta quinta-feira o início da construção da unidade de Jataí, em Goiás, um projeto de 450 milhões de reais, segundo um comunicado.

A usina deverá ser concluída no segundo semestre de 2009 e terá capacidade de moagem de 4 milhões de toneladas de cana, com produção de cerca de 370 milhões de litros de álcool por safra.

A unidade também realizará a co-geração de energia elétrica proveniente do bagaço e da palha da cana, que irá produzir até 105 megawatts.

"A chegada da Cosan no Centro-Oeste irá acelerar o processo de desenvolvimento de Goiás... A empresa utilizará o modelo de gestão reconhecido do setor, além da mais moderna tecnologia empregada no campo", disse o presidente da Cosan, Rubens Ometto Silveira Mello, segundo um comunicado.

A planta industrial de Jataí faz parte da expansão da Cosan no Estado, que contempla outros dois projetos "greenfields", nas cidades de Montividiu e Paraúna.

"Serão investidos 1,35 bilhão de reais na construção das plantas, que juntas ampliarão em 25 por cento a atual capacidade de moagem da companhia, que atualmente é de 44 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra, saltando para 55 milhões de toneladas."

Além das unidades projetadas para Goiás, a Cosan conta com 18 unidades produtoras em São Paulo, duas refinarias, dois terminais portuários e mais de 1.500 postos de combustíveis, após a recente aquisição dos ativos da Esso no país.   Continuação...