Mercado japonês recua pressionado por iene forte

quarta-feira, 7 de novembro de 2007 08:31 BRST
 

Por Elaine Lies

TÓQUIO (Reuters) - A bolsa de Tóquio atingiu nesta quarta-feira o ponto mais baixo em sete semanas, encerrando em queda pela terceiro dia consecutivo depois que os ganhos foram pressionados pela valorização do iene, o que atinge ações de companhias exportadoras como a Canon .

O índice Nikkei recuou 0,94 por cento, para 16.096 pontos, também influenciado por queda nas ações de montadoras.

A crescente incerteza sobre a economia global depois de uma série de notícias negativas divulgadas pelo Citigroup, que enfrenta perdas maiores com a crise nos mercados de crédito, além da alta nos preços do petróleo, têm deixado as ações no Japão vulneráveis.

"O iene forte tem deixado os investidores preocupados, com o mercado começando a cair desde que o dólar caiu a 114,50 ienes", disse Seiichi Miura, estrategista do Mitsubishi UFJ Securities.

A Toyota, maior e mais lucrativa montadora do mundo, divulgou uma alta de 2,7 por cento no lucro trimestral e alta de 11,1 por cento no lucro líquido do segundo trimestre fiscal.

O índice que reúne os principais mercados da região Ásia-Pacífico menos o Japão tinha alta de 1 por cento, às 8h20 (horário de Brasília), a 571 pontos.

A bolsa de SEUL caiu 0,54 por cento, a 2.043 pontos. HONG KONG subiu 0,92 por cento e XANGAI avançou 1,18 por cento. TAIWAN teve oscilação positiva de 0,08 por cento e CINGAPURA caiu 0,27 por cento.

Em SYDNEY, o mercado teve valorização de 0,97 por cento.

 
<p>Pedestre passa em frente a painel com cota&ccedil;&atilde;o de a&ccedil;&otilde;es, em T&oacute;quio. A bolsa de T&oacute;quio atingiu nesta quarta-feira o ponto mais baixo em sete semanas, encerrando em queda pela terceiro dia consecutivo depois que os ganhos foram pressionados pela valoriza&ccedil;&atilde;o do iene. Photo by Michael Caronna</p>