Ata do Fed aponta aumento de riscos ao crescimento por crise

terça-feira, 7 de outubro de 2008 15:17 BRT
 

WASHINGTON, 7 de outubro (Reuters) - O Federal Reserve assumiu uma visão sombria da economia norte-americana em setembro, à medida que a crise financeira e as ações de socorro do governo se intensificaram. Alguns membros do banco central sugeriram que cortes de juro podem ser necessários, mostrou nesta terça-feira a ata da reunião de 16 de setembro.

Em geral, os membros do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) viram a manutenção do juro como uma decisão consistente com a avaliação de que o crescimento econômico deve começar a se recuperar, gradualmente, em 2009.

Mas os participantes da reunião, que manteve o juro em 2,0 por cento, rapidamente avaliaram que a crise acabou elevando os riscos à perspectiva econômica.

"Alguns membros enfatizaram que, se a intensificação do aperto financeiro levar a uma piora dramática da perspectiva ao crescimento, uma resposta de política pode ser exigida. No entanto, tal resposta não foi pedida na reunião."

(Por David Lawder)