CÂMBIO-Dólar opera em baixa pelo 5o dia e cola em R$1,700

segunda-feira, 7 de abril de 2008 10:57 BRT
 

SÃO PAULO, 7 de abril (Reuters) - O dólar recuava para o patamar de 1,700 real nesta segunda-feira, reagindo à tranquilidade nos mercados internacionais no quinto dia seguido de baixa da moeda norte-americana.

Às 10h58, a divisa BRBY operava em baixa de 0,58 por cento, cotada a 1,700 real. Na mínima do dia, chegou a ser cotada a 1,699 real --menor nível em mais de duas semanas.

"O que ajuda é o humor da bolsa norte-americana", disse Francisco Carvalho, gerente de câmbio da corretora Liquidez.

Logo após a abertura, os principais índices de Wall Street operavam em alta moderada com a notícia sobre uma possível injeção de capital no Washington Mutual (WM.N: Cotações), maior associação de empréstimo e poupança dos Estados Unidos.

"Se a crise acabou ou não, é meio prematuro a gente falar. Mas os riscos em relação a quebradeira de instituições ou de bancos parece que, a princípio, estão se dissipando", comentou o gerente.

No mesmo horário, o risco Brasil 11EMJ caía 5 pontos, e a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) .BVSP operava em alta de 1,34 por cento.

Carvalho também não vê um limite para a queda da moeda norte-americana. "Na realidade o suporte é mais psicológico, em torno de 1,67, 1,68. Mas, para subir, não estou vendo muita força não", afirmou.

(Por Silvio Cascione; Edição de Cláudia Pires)