Novartis comprará fatia da Nestlé na Alcon por até US$39 bi

segunda-feira, 7 de abril de 2008 10:23 BRT
 

Por Sam Cage

ZURIQUE (Reuters) - A Novartis concordou em comprar a participação de 77 por cento da Nestlé na companhia norte-americana Alcon em um acordo avaliado em até 39 bilhões de dólares. O laboratório farmacêutico tem interesse em ampliar suas operações com cuidado ocular, informou o grupo suíço nesta segunda-feira.

A Novartis comprará primeiro uma participação de 25 por cento na Alcon por 11 bilhões de dólares e está preparada para comprar os 52 por cento restantes da fatia da Nestlé na empresa pelo preço fixo de 28 bilhões de dólares entre janeiro de 2010 e julho de 2011.

"As margens são mais altas que em nossa divisão de fármacos e são obviamente muito atraentes", disse o presidente-executivo da Novartis, Daniel Vasella, a jornalistas.

A Novartis quer ampliar seus negócios para além dos medicamentos vendidos sob prescrição médica, que enfrentam competição crescente dos genéricos e um caminho difícil de chegada aos mercados. A empresa tem interesse em se expandir para áreas não-tradicionais como vacinas, cuidado dos ólhos e genéricos.

O preço da primeira parcela da aquisição é quatro por cento menor que o fechamento das ações da Alcon na sexta-feira. A Novatis, segunda maior companhia farmacêutica da Europa em valor de mercado, pagará um ágio de 22 por cento sobre o preço de fechamento dos papéis da Alcon se decidir seguir adiante com a segunda parte do acordo.

A Nestlé pode forçar a compra da segunda parte, mas a Novartis pode decidir abandonar o negócio se houve mudança material no negócio, informou o grupo farmacêutico.

O maior grupo de alimentos do mundo informou que a transação terá efeito positivo no lucro por ação de 2008. As ações da empresa subiam 1,6 por cento.

A Alcon, que produz aparelhos médicos e medicamentos para cuidado dos olhos bem como produtos para lentes de contato, complementará a unidade de lentes de contato Ciba Vision, da Novartis.

A Alcon é a maior companhia de cuidado ocular do mundo, com vendas de 5,6 bilhões de dólares. A divisão de lentes de contato da Novartis teve receitas de cerca de 2,5 bilhões de dólares em 2007.