BOLSA EUA-Mercado abre em queda após prejuízo recorde da GM

quarta-feira, 7 de novembro de 2007 12:49 BRST
 

NOVA YORK, 7 de novembro (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos abriram em queda nesta quarta-feira, reagindo ao prejuízo recorde da General Motors (GM.N: Cotações), à alta do petróleo para perto de 100 dólares.

As perdas do dólar, que colocaram dúvidas sobre as perspectivas econômicas e sobre os lucros de empresas também afetavam os negócios.

Às 12x42 (horário de Brasília), o índice Dow Jones .DJI, referência da bolsa de Nova York, recuava 0,88 por cento, para 13.540 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq .IXIC caía 0,93 por cento, para 2.798 pontos. O índice Standard & Poor's 500 .SPX tinha queda de 0,96 por cento, para 1.505 pontos.

O petróleo saltava para 98,62 dólares por barril nos EUA --nível recorde-- no pregão eletrônico antes da divulgação dos dados semanais sobre estoques norte-americanos, que devem mostrar recuo nas reservas da commodity. A publicação dos números será às 13h30 (horário de Brasília).

Além disso, o dólar caía depois de um importante parlamentar da China sugerir que o euro deve ter um papel mais importante nas reservas trilionárias do país. Um membro do banco central chinês disse também que o dólar está perdendo o status de moeda global.

Na máxima do dia, o euro superou 1,47 dólar, novo recorde.

"Hoje vamos testar o mercado e ver se ele está vendido demais ou não, se esses problemas já foram precificados totalmente ou não", disse Al Goldman, estrategista do A.G. Edwards em St. Louis.

"E o mercado pode retomar a tendência primária dele, que na minha opinião é de alta", completou.

As ações da GM recuavam mais de 3 por cento após a notícia de que a maior montadora dos EUA, teve prejuízo líquido de 68,65 dólares por ação.