RPT-PETROBRAS analisa novos investimentos na Bolívia

quarta-feira, 7 de novembro de 2007 07:28 BRST
 

(Repete matéria publicada na noite de terça-feira)

LA PAZ, 7 de novembro (Reuters) - A Petrobras (PETR4.SA: Cotações) está estudando "grandes e novos investimentos" na Bolívia, disse o presidente da empresa, José Sergio Gabrielli, após reuniões em La Paz na terça-feira.

Gabrielli disse em entrevista coletiva que vários projetos de investimentos estão sendo considerados e que os detalhes serão finalizados em breve.

"Após os novos contratos, estamos iniciando uma avaliação de possibilidades de grandes, novos investimentos na Bolívia", disse Gabrielli. "Várias opções estão sendo analisadas, mas os detalhes ainda não foram concluídos, por isso não podemos revelá-los."

O executivo acrescentou que os projetos de investimentos serão definidos ainda neste mês, antes de uma reunião entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu colega boliviano, Evo Morales, marcada para o dia 12 de dezembro.

O porta-voz da Presidência da República, Marcelo Baumbach, disse na segunda-feira que a visita de Lula à Bolívia marcará "uma nova e produtiva fase nas relações bilaterais" além do fechamento de acordos energéticos.

O Brasil é o principal comprador de gás natural da Bolívia, mas as relações bolivianas com a Petrobras se tornaram tensas desde que Morales anunciou a nacionalização do setor energético no ano passado.

A Petrobras congelou cerca de 2 bilhões de dólares em investimentos planejados no país, que também vende gás natural à Argentina.

Sob a nacionalização as empresas estrangeiras, entre elas a Petrobras, assinaram novos contratos operacionais que aumentam o controle estatal no setor.

Mas analistas afirmam que a crescente demanda por energia no Brasil significa que o país não tem escolha a não ser se voltar para a Bolívia.