7 de Novembro de 2007 / às 21:35 / em 10 anos

PANORAMA2-Petróleo, dólar e crédito assombram bolsas nos EUA

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 7 de novembro (Reuters) - A convergência de vários fatores negativos derrubou as ações norte-americanas nesta quarta-feira, arrastando junto a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e trazendo volatilidade para o mercado de câmbio no Brasil.

No momento mais tenso dos mercados no Brasil, os principais índices de Wall Street caíam 2 por cento. Na lista de preocupações estavam o petróleo perto de 100 dólares por barril, a queda global do dólar e o medo de novos problemas no setor financeiro por conta do mercado de crédito de alto risco.

"Há muito medo no mercado em relação à queda do dólar, e há as preocupações com o subprime (crédito de alto risco). Quando temos o petróleo a 100 dólares, eu acho que o consumidor vai reagir de forma exagerada e se retrair, o que vai impactar o mercado", disse Ernest Csak, vice-presidente da Knight Equity Markets, em Jersey City, Nova Jersey.

O petróleo, na verdade, acabou fechando em queda em Londres e em Nova York. Mas, durante o dia, chegou a superar os 98 dólares por barril nos Estados Unidos. Na Europa, ações de companhias aéreas sentiram o baque de uma possível alta do combustível e tiveram queda generalizada.

A queda do dólar diante das principais moedas do mundo também incomodou os investidores. O euro EUR= superou 1,47 dólar, e a libra e o franco suíço operaram em níveis que não eram vistos há vários anos.

A baixa da moeda norte-americana foi acentuada nesta sessão por comentários de um importante parlamentar chinês, que disse que as reservas internacionais do país --que superam 1,4 trilhão de dólares-- devem ter uma menor proporção da moeda.

O movimento do dólar no exterior contaminou o mercado de câmbio no Brasil e, junto com o fluxo positivo, ajudou a colocar a moeda em baixa durante parte da sessão. A maior aversão a risco --refletida na queda das bolsas-- porém, prevaleceu sobre o dólar, que fechou em alta no país.

Na agenda econômica interna, dados do Banco Central mostraram que, em outubro, o país registrou fluxo cambial positivo de 6,722 bilhões de dólares. No ano, a entrada líquida de moeda já supera 76 bilhões de dólares.

O dado mais aguardado, no entanto, era o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que baliza a meta oficial de inflação. O índice subiu mais que o esperado em outubro, com alta de 0,30 por cento, e deu motivo para a cautela propalada pelo BC na última reunião sobre o juro.

O resultado teve efeito imediato sobre a Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), onde a maioria das projeções de juros fechou em alta. A piora no exterior também deu combustível para o avanço.

Veja como encerraram os principais mercados nesta quarta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,741 real, em alta de 0,29 por cento.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa fechou em queda de 1,55 por cento, a 63.500 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 5,9 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros recuou 3,84 por cento, aos 36.257 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) subiram na BM&F. O DI janeiro de 2009 fechou a 11,51 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 fechou a 11,79 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, declinava para 133,6 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,6 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil subia 7 pontos, a 191 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 210 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI fechou em forte queda de 2,64 por cento, a 13.300 pontos. O Nasdaq .IXIC caiu 2,70 por cento, para 2.748 pontos. O índice S&P 500 .SPX teve desvalorização de 2,94 por cento, aos 1.475 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento declinava para 4,3 por cento no final da tarde.

Reportagem adicional de Angela Bittencourt e Juliana Siqueira

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below