Bernanke vê economia resistente, mas diz que tensões persistem

quinta-feira, 8 de novembro de 2007 13:17 BRST
 

WASHINGTON, 8 de novembro (Reuters) - O chairman do Federal reserve, Ben Bernanke, disse nesta quinta-feira que a economia norte-americana tem estado resiliente ante os problemas no mercado de crédito, mas que ainda enfrenta riscos tanto para o crescimento quanto para o cenário de inflação.

"A volatilidade do mercado financeiro e as tensões têm persistido", disse Bernanke em discurso preparado para depoimento na Comissão Econômica Mista do Congresso. "Além disso, as novas altas do petróleo colocaram pressão renovada sobre a inflação e podem impôr novas limitações sobre a atividade econômica."

Bernanke disse que o Fed, quando se reuniu em 30 e 31 de outubro, viu tanto uma ameaça ao crescimento quanto "importantes riscos de alta" da inflação, citando a alta do petróleo e de outras commodities, além da queda do dólar.