SAIBA MAIS-Reação internacional ao conflito na Ossétia do Sul

sexta-feira, 8 de agosto de 2008 17:25 BRT
 

8 de agosto (Reuters) - Estados Unidos, Otan, e União Européia pediram o fim imediato dos conflitos na região separatista da Geórgia Ossétia do Sul e fizeram um apelo por conversações entre os dois lados.

Aqui estão alguns detalhes:

FRANÇA:

"O ministro das Relações Exteriores e das Relações Européias, Bernard Kouchner, está extremamente preocupado com os eventos da Ossétia do Sul, Geórgia. Ele considera deplorável a perda de vidas humanas.

A França reintera o seu apoio à soberania e à integridade territorial da Geórgia e suas fronteiras reconhecidas internacionalmente.

A França pede a todos os envolvidos que cessem as hostilidades imediatamente e voltem sem demora às negociações, que é a única forma de resolver a crise."

ALEMANHA: ministro das Relações Exteriores, Frank-Walter Steinmeier:

"Estou chocado com a escalada da violência na Ossétia do Sul nas últimas 48 horas. Ainda não está claro quem é o responsável pelo início da violência.

Todas as operações de combate precisam parar e todas as forças enviadas à Ossétia do Sul nas últimas 48 horas precisam recuar. Eu expressei esta opinião ao presidente georgiano, Saakashvili, e ao ministro do Exterior russo, Lavrov, por telefone".   Continuação...