ATUALIZA-Produtividade nos EUA cresce no 2o trimestre

sexta-feira, 8 de agosto de 2008 11:13 BRT
 

(Texto atualizado com mais informações)

Por Glenn Somerville

WASHINGTON, 8 de agosto (Reuters) - A produtividade nos Estados Unidos cresceu 2,2 por cento no segundo trimestre, um pouco menos que o esperado, à medida que as empresas ampliaram a produção e cortaram empregos, mostraram dados do governo nesta sexta-feira.

O aumento na produtividade foi menor que o esperado por economistas ouvidos pela Reuters, de 2,5 por cento, e seguiu o aumento de 2,6 por cento visto no primeiro trimestre, mas ajudou a segurar as pressões inflacionárias.

Os custos unitários do trabalho, uma medida de inflação e de pressões de lucro acompanhado de perto pelo Federal Reserve, subiram 1,3 por cento no segundo trimestre. Esse índice foi significativamente menor que o aumento revisado de 2,5 por cento registrado nos primeiros três meses do ano.

Em comparação com o segundo trimestre de 2007, a produtividade fora do setor agrícola subiu 2,8 por cento, abaixo da taxa de 3,3 por cento do primeiro trimestre na comparação anual.

Segundo analistas, o dado sugere que os custos trabalhistas permanecem sob controle, apesar do aumento dos preços em outras áreas da economia.

"Não é um relatório ruim. O Fed manteve o núcleo da inflação controlado e, dessa forma, não teremos efeitos secundários", disse Robert Brusca, economista-chefe do Fact and Opinion Economics, em Nova York.

O governo informou ainda que a produção cresceu 1,7 por cento no segundo trimestre, quase o dobro do aumento de 0,9 por cento do primeiro trimestre. Mas as horas de trabalho recuaram 0,5 por cento depois da queda de 1,6 por cento no primeiro trimestre deste ano.

(Reportagen adicional de Richard Leong em Nova York)