Arcelor Mittal vê custo do aço subir em 2008

segunda-feira, 8 de outubro de 2007 14:13 BRT
 

BERLIM, 7 de outubro (Reuters) - A Arcelor Mittal (ISPA.AS: Cotações), maior grupo siderúrgico do mundo, está diante de um grande aumento dos custo que deverá ser repassado na forma de preços mais altos para os clientes em 2008, disse o presidente-executivo da empresa.

Mas não há indicações este ano sobre o provável aumento nos preços do minério de ferro, disse Lakshmi Mittal em entrevista coletiva em fórum promovido pelo Instituto Internacional de Ferro e Aço (Iisi).

"Existem notícias na mídia de que haverá um aumento de 25 por cento nos custos com minério de ferro, mas pode não ser nada. São apenas notícias da mídia", disse ele. "Nós ainda não iniciamos as negociações com as companias de minério de ferro."

Ele acrescentou: "Eu acho que no próximo ano haverá um aumento nos custos para a indústria de aço. Hoje, nós não sabemos a extensão do aumento nos custos do minério, carvão e transporte. Isto está fora do controle da indústria."

"Vamos nos empenhar para passar isso (aumento do custo) para nossos clientes."

Observadores esperam que as negociações sbre o preço global do minério de ferro comecem nas próximas semanas.

As negociações normalmente se iniciam entre a mineradora brasileira Companhia Vale do Rio Doce (VALE5.SA: Cotações) e siderúrgicas chinesas. Ano passado, os preços do minério subiram 9,5 por cento.