Tensão no mercado de crédito deve continuar, diz FMI

terça-feira, 8 de abril de 2008 10:26 BRT
 

WASHINGTON, 8 de abril (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional afirmou nesta terça-feira que as turbulências no mercado de crédito podem se espalhar, o que significa mais prejuízos para os bancos norte-americanos, e alertou que os riscos ao crescimento econômico global aumentaram.

"Os mercados financeiros continuam sob considerável tensão, agora composta por um ambiente macroeconômico mais temeroso, instituições com fraca capitalização e ampla alavancagem", explicou o FMI em sua avaliação de perspectiva para o mercado financeiro mundial.

O FMI estima que as potenciais baixas contábeis e prejuízos aos bancos contabilizem até 945 bilhões de dólares até março deste ano.

Segundo a instituição, as ameaças à estabilidade financeira global aumentaram o potencial para excedentes nos mercados emergentes aumentaram através de canais de fundos e conexões de comércio.

"Os riscos macroeconômicos que estão concentrados na economia dos Estados Unidos possuem impacto significativo em instituições financeiras sistematicamente importantes que pode se espalhar pelos mercados globais", apontou.

"Nossas análise indicou que a contração no fornecimento de crédito do setor privado e empréstimos de mercado podem trazer uma desaceleração significativa para o crescimento da produção dos Estados Unidos durante os próximos trimestres", colocou o FMI em seu Relatório de Estabilidade Financeira Global.

(Reportagem de Lesley Wroughton)