Deputados dos EUA aprovam lei de ajuda imobiliária

quinta-feira, 8 de maio de 2008 21:35 BRT
 

Por Patrick Rucker

WASHINGTON (Reuters) - A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou nesta quinta-feira a lei que cria o fundo de seguro hipotecário de 300 bilhões de dólares e provê outros bilhões para donos de imóveis para ajudar a estabilizar o mercado imobiliário sacudido por execuções de hipotecas e pelo estreitamento do crédito.

A lei irá ainda oferecer a insenção de imposto no valor de 7.500 dólares para aqueles que estão comprando um imóvel pela primeira vez. Uma medida separada que passou nesta quinta-feira irá enviar 15 bilhões de dólares para comunidades locais atingidas pela crise hipotecária para ajudá-los a comprarem e consertarem seus lares abandonados.

O fundo de seguro hipotecário, que será fiscalizado pela Administração Federal de Imóveis (FHA, sigla em inglês), deverá ajudar 500 mil tomadores de empréstimos que tiveram o valor de suas casas derretido desde que conseguiram suas hipotecas.

O plano para reorganizar a FHA foi aprovado por 266 votos contra 155 e teve notavelmente o apoio de 39 parlamentares republicanos. A medida para estender o crédito de imposto para aqueles que estão comprando um imóvel pela primeira vez foi aprovada por 322 a 94, também por um apoio de republicanos.

Enquanto o presidente norte-americano, George W. Bush, tem ameaçado vetar a lei aprovada pelos democratas, a Casa Branca tem dado apoio a provisões e deixado a porta aberta para um acordo.

"Os parlamentares democratas aprovaram propostas que eles sabem que nunca virarão leis", disse o porta-voz da Casa Branca Tony Fratto. "A maioria dos norte-americanos entendem que eles não devem criar um fundo formado por dinheiro de seus impostos para ajudar especuladores e concessores de empréstimos."