Ações do Google caem 5,5% por temor de revés em acordos

segunda-feira, 8 de setembro de 2008 19:37 BRT
 

Por Eric Auchard

SAN FRANCISCO (Reuters) - As ações do Google caíram 5,5 por cento nesta segunda-feira, maior recuo desde a divulgação do fraco balanço em julho, diante das dúvidas dos investidores sobre as parcerias da companhia de Internet.

O papel da empresa caiu 24,30 dólares e fechou a 419,95 dólares depois de um grupo de anunciantes dos Estados Unidos ter feito objeções à planejada parceria do Google com o Yahoo, afirmando que ela poderia diminuir a competição no mercado de buscas na Internet.

O analista Jeffrey Lindsay, da Sanford C. Bernstein, disse que outros fatores, incluindo um "desapontamento generalizado" que surgiu em antecipação ao lançamento da plataforma do Google para celulares, chamada Android.

"Havia uma certa expectativa de que celulares com Android pudessem ser uma grande notícia para o quatro trimestre do Google", disse Lindsay. "No lugar de fogos de artifício, pode ser só um busca-pé", comparou.

A queda nos papéis do Google foi um agudo contraste com os ganhos obtidos no mercado como um todo. O índice Dow Jones Industrial, por exemplo, subiu 2,6 por cento, ou quase 290 pontos, nesta segunda-feira.

Este foi o pior dia para as ações do Google desde 18 de julho, quando os títulos tiveram queda de 10 por cento, para 481 dólares.