ATUALIZA-Agrícolas sobem 25% e ajudam IGP-DI a dobrar em 2007

terça-feira, 8 de janeiro de 2008 09:14 BRST
 

(Texto reescrito com mais informações sobre a inflação em 2007)

SÃO PAULO, 8 de janeiro (Reuters) - A inflação pelo O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) manteve-se em alta em dezembro, encerrando 2007 com uma taxa mais de duas vezes superior à de 2006, em razão de maiores custos de alimentos, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta terça-feira.

O indicador subiu 1,47 por cento em dezembro e 7,89 por cento em 2007. Em novembro, a inflação havia sido de 1,05 por cento e em 2006, de 3,79 por cento.

Analistas consultados pela Reuters previam alta de 1,54 por cento para dezembro e de 7,9 por cento para o ano.

Entre os componentes do IGP-DI, o Índice de Preços por Atacado (IPA) subiu 1,90 por cento, ante ganho de 1,45 por cento em novembro.

No ano, o IPA acumulou alta de 9,44 por cento, contra a variação positiva de 4,29 por cento em 2006.

Os produtos agrícolas acumularam em 2007 salto de 24,82 por cento. Em dezembro, o IPA agrícola manteve-se em alta, embora em ritmo ligeiramente inferior ao de novembro. Por outro lado, o IPA industrial ganhou força no mês e subiu 1 por cento.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) avançou 0,70 por cento no mês passado, frente à alta de 0,27 por cento no anterior. No ano, a elevação foi de 4,60 por cento, contra 2,05 por cento em 2006.   Continuação...