RPT-Transpetro lança 2a fase de licitação para comprar 23 navios

terça-feira, 8 de julho de 2008 07:11 BRT
 

(Repete texto publicado na noite da véspera)

RIO DE JANEIRO, 7 de julho (Reuters) - Ainda sem ter fechado todos os contrados da primeira fase de licitações para ampliação da sua frota, a Transpetro, braço de transporte da Petrobras (PETR4.SA: Cotações), lançou a segunda parte do programa, buscando a compra de 23 navios.

Ao todo serão 23 navios que irão se juntar aos 26 licitados na primeira fase, e assim como os primeiros terão prazo até 2013 para serem entregues.

"Chamamos para essa licitação três estaleiros brasileiros e 14 estrangeiros, mas todos os navios terão que ser feitos no Brasil", destacou na segunda-feira o presidente da Transpetro, Sérgio Machado, durante cerimônia para lançar o novo programa.

Ele descartou problemas na contratação dos primeiros 26 navios, que, segundo ele, serão todos construídos conforme o previsto.

"Vamos assinar na próxima semana os quatro que faltam com o estaleiro Mauá... com o (estaleiro) Itajaí só depende de ter a reunião do Fundo da Marinha Mercante porque mudou de dono, e o Rio Naval só falta achar um local para construir", enumerou ele os últimos problemas para finalizar a primeira parte da licitação, na qual a empresa gastou 2,480 bilhões de dólares.

"Até o final deste mês ou agosto estará tudo resolvido", prometeu Machado.

A segunda fase tem navios menores em relação à primeira, quando a empresa adquiriu entre outros 10 Suezmax, navios de grande porte.   Continuação...