JURO-Inflação desacelera e patrocina queda das taxas na BM&F

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008 16:51 BRST
 

SÃO PAULO, 8 de fevereiro (Reuters) - As projeções de juros encerraram o último pregão da semana em baixa, refletindo a desaceleração de mais índices de inflação.

Divulgados na manhã desta sexta-feira, o IGP-DI de janeiro e a primeira prévia do IPC-S de fevereiro mostraram números mais brandos que na leitura anterior.

O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna subiu 0,99 por cento depois de ter avançado 1,47 por cento em dezembro. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal desacelerou de 0,97 por cento na leitura final de janeiro para 0,82 por cento.

Com isso, praticamente todos os contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) deslizaram. O DI janeiro de 2009 caiu de 12,00 para 11,93 por cento ao ano e o DI janeiro de 2010 recuou de 12,64 para 12,57 por cento.

O DI julho de 2008 cedeu de 11,40 para 11,36 por cento.

No mercado aberto, o Banco Central recolheu 20,8 bilhões de reais das instituições financeiras até segunda-feira. Os recursos serão corrigidos à taxa de 11,20 por cento ao ano.

Também para manter a liquidez sob controleo no sistema bancário, o BC fez uma operação compromissada de cinco meses.

(Por Daniela Machado; Edição de Alexandre Caverni)