Cortes de juro alimentam saídas em fundos de ações nos EUA

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008 19:01 BRST
 

Por Daniel Bases

NOVA YORK (Reuters) - Investidores retiraram cerca de 10 bilhões de dólares de fundos de ações na semana encerrada em 6 de fevereiro e alocaram uma significativa quantia de dinheiro em fundos de curto prazo no mercado aberto, mostraram nesta sexta-feira dados do EPFR Global, que monitora essas movimentações.

O período dos dados coincide com um corte de 0,5 ponto percentual na taxa básica de juros dos Estados Unidos feito pelo Federal Reserve em uma tentativa de prevenir o que parece cada vez mais ser o desenvolvimento de uma recessão nos EUA.

A decisão do Fed de 30 de janeiro ocorreu após um corte surpresa de 0,75 ponto percentual em uma reunião extraordinária, que ofereceu apenas uma breve pausa no movimento de venda de ações

"Tendo tido poucos dias para digerir o corte agressivo das taxas pelo Fed, o resultado foi que isso levantou mais questões para os investidores do que respostas", disse Cameron Brandt, analista de mercados globais do EPFR, com sede em Boston.

"Eles estão interpretando como uma dica de que as coisas estão, na verdade, piores do que poderia parecer na superfície", acrescentou.

Os dados do EPFR mostraram que os investidores colocaram 24 bilhões de dólares em fundos no mercado aberto na última semana, acima dos 12 bilhões do período anterior.

Quase todas as regiões viram saídas líquidas de fundos de ações, enquanto fundos de títulos dos EUA sofreram perdas líquidas de dinheiro pela primeira vez em cinco semanas. Os investidores retiraram 705 milhões de dólares na última semana.