Índice de atividade do Meio-Oeste dos EUA é revisado para baixo

terça-feira, 8 de janeiro de 2008 16:01 BRST
 

CHICAGO, 8 de janeiro (Reuters) - Uma revisão anual de um indicador chave de negócios divulgado nesta terça-feria sugeriu que a economia do Meio-Oeste dos EUA estava mais fraca no quarto trimestre de 2007 do que havia sido divulgado previamente.

A Associação Nacional de Gerenciamento de Aquisições de Chicago disse que o índice da atividade do Meio-Oeste em dezembro é de 52,0 frente aos 56,6 divulgados no dia 28 de dezembro passado, o que fica próximo dos 51,8 inicialmente estimado por analistas de Wall Street.

Números acima de 50 pontos indicam expansão, enquanto uma medição abaixo disso aponta uma contração da atividade da região.

A última revisão mostrou que o índice de emprego para dezembro ficou em 45,5 frente aos 49,0, menor nível desde a revisão de janeiro de 2007, quando este registrou 40,5 pontos.

A novas encomendas de dezembro foram levemente expansionistas a 53,0 frente ao alto aumento de 58,4 divulgado no final de dezembro.

A revisão também mostrou o índice de novembro a 50,8, em território expansionista, frente aos 52,9. Para outubro o índice ficou em 49,1 frente aos 49,7 mostrados anteriormente.

A associação de Chicago disse ainda que, baseado nos dados de dezembro, os fatores sazonais para cada série de dados, incluindo medida de emprego, produção, novas encomendas e outros componentes, foram recalculados.

Muitos analistas consideram a pesquisa da Associação de Chicago um relatório industrial, pois a região é relativamente industrializada. Mas os setores de serviço e empresas sem fins lucrativos também são usados no índice.

(Reportagem de Ros Krasny)