Volvo vai cortar mais 3.300 empregos

quarta-feira, 8 de outubro de 2008 13:00 BRT
 

ESTOCOLMO, 8 de outubro (Reuters) - A Volvo Car, controlada pela norte-americana Ford (F.N: Cotações), informou nesta quarta-feira que planeja cortar 3.300 empregos além das reduções anunciadas mais cedo neste ano por causa da drástica queda dos mercados de veículos.

A montadora sueca, que está enfrentando dificuldades diante da fraca demanda e disparada dos custos com matérias-primas, informou que 2.700 empregos serão cortados na Suécia e 600 serão eliminados em outras regiões.

"Para combater os efeitos da rápida deterioração da situação dos mercados na indústria automotiva, a equipe de administração da Volvo Car Corporation decidiu iniciar novas mudanças estruturais em todas as partes dos negócios", informou a companhia em comunicado.

Em junho, a Volvo Cars revelou planos para cortar 2.000 empregos e encerrar o terceiro turno na fábrica de automóveis de Torslanda, na Suécia, no final deste ano.

"O total de ações que devem ser iniciadas envolve 6.000 pessoas no mundo, dos quais 1.200 são consultores", informou a Volvo.

"O ambiente econômico instável resultou em uma situação muito imprevisível e a crise na indústria global de automóveis é mais drástica que o esperado", afirmou o presidente-executivo da Volvo Car, Stephen Odell, em comunicado.