McCain vence em New Hampshire, disputa democrata segue incerta

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008 00:19 BRST
 

Por John Whitesides

MANCHESTER, Estados Unidos (Reuters) - O senador John McCain selou uma surpreendente recuperação política ao superar Mitt Romney e vencer as primárias republicanas de New Hampshire na terça-feira, dando vida nova à sua tentativa de conseguir a indicação do Partido Republicano para disputar a Casa Branca em novembro.

McCain recolocou seu nome de volta na disputa republicana depois de ser praticamente descartado em meados do ano passado, quando sua campanha estava sem dinheiro e perdendo assessores.

Pelo lado democrata, Barack Obama e Hillary Clinton faziam uma disputa muito mais acirrada do que o indicado pelas pesquisas de opinião. Com cerca de 13 por cento da apuração democrata concluída, Hillary tinha 40 por cento contra 36 por cento de Obama, senador por Illinois e que venceu a primeira disputa em Iowa na semana passada.

Obama, que tenta se tornar o primeiro presidente negro dos Estados Unidos, espera que uma vitória em New Hampshire consolide sua posição como favorito para a indicação democrata para as eleições presidenciais de novembro.

O ex-senador John Edwards, que ficou em segundo lugar em Iowa deixando Hillary em terceiro, deve terminar a disputa em New Hampshire na terceira colocação.

Na corrida republicana, Romney, ex-governador de Massachusets que colocou dezenas de milhões de dólares do próprio bolso em sua campanha, sofreu nova derrota. Ele já havia ficado atrás do ex-governador do Arkansas Mike Huckabee em Iowa.

Tanto Romney quanto Hillary estão sob intensa pressão para ressuscitar suas campanhas após o resultado frustrante em Iowa.

(Reportagem adicional de Ellen Wulfhorst, Jeff Mason, Mark Egan, Ed Stoddard e Jason Szep em New Hampshire)