Petróleo retoma caminhada rumo aos US$100 por barril

quinta-feira, 8 de novembro de 2007 11:02 BRST
 

Por Santosh Menon

LONDRES (Reuters) - O petróleo eliminou a queda do começo desta quinta-feira para retomar a marcha rumo aos 100 dólares por barril. A alta ganhou força à medida que a preocupação com uma escassez no inverno e a contínua queda do dólar interromperam uma realização de lucros.

Às 10h55 (horário de Brasília), o petróleo nos Estados Unidos para entrega em dezembro subia 0,52 dólar, para 96,89 dólares por barril. Em Londres, o Brent tinha alta de 0,89 por cento, para 94,13 dólares.

O petróleo caiu mais de 1 dólar no começo do dia com a possibilidade de uma demanda fraca por petróleo nos Estados Unidos e uma queda nos mercados acionários. Com isso, o mercado devolveu parte dos ganhos acumulados quando o barril da commodity atingiu 98,62 dólares.

"(É um exemplo de) dar um passo atrás para dar um salto maior para a frente... As razões pelas quais estamos aqui não mudaram de fato", disse Harry Tchlinguirian, analista do BNP Paribas.

Os preços do petróleo subiram quase 40 por cento nos últimos três meses depois que a queda do dólar, a forte demanda global por petróleo e o menor fornecimento da commodity atraíram um enorme investimento especulativo. Mas as operações ficaram mais voláteis à medida que a cotação se aproxima de 100 dólares.

"Mais e mais dinheiro de investidores foi para as commodities em meio à queda do dólar", disseram analistas do JPMorgan em nota. "Esse fluxo reforçou a correlação negativa entre petróleo e dólar, e a operação nos dois mercados juntos está em voga novamente."

O dólar mais uma vez se aproximava dos menores níveis ante o euro nesta quinta-feira.

As ações globais atingiram o menor nível em duas semanas nesta quinta, depois do tombo de Wall Street na véspera, por causa de uma série de notícias negativas sobre os setores financeiro e hipotecário dos Estados Unidos.   Continuação...