IGP-M tem alta de 0,55% na 1a prévia de outubro

quinta-feira, 9 de outubro de 2008 08:34 BRT
 

SÃO PAULO, 9 de outubro (Reuters) - O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) abriu o mês de outubro com alta de 0,55 por cento, ante variação nula no mesmo período de setembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta quinta-feira.

No fechamento do mês passado, o IGP-M registrou alta de 0,11 por cento.

Entre os componentes do IGP-M, o Índice de Preços por Atacado (IPA) saltou 0,71 por cento na primeira leitura de outubro, ante queda de 0,14 por cento no mesmo período de setembro.

Boa parte desta alta reflete o avanço dos custos das chamadas matérias-primas brutas, de 1,20 por cento. Itens como tomate, mandioca e minério de ferro tiveram altas entre 1,57 por cento e 23,20 por cento no período.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), por sua vez, voltou a cair 0,08 por cento, como na abertura do mês passado.

Os custos com Alimentação caíram de maneira menos acentuada, e as despesas com Vestuário, Habitação e Transportes foram maiores.

Mas os custos com Educação, Saúde e Despesas diversas desaceleraram, contrabalançando o avanço dos outros grupos e garantido assim a repetição da leve deflação.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) apresentou alta de 0,97 por cento, seguindo a elevação de 1,17 por cento no mesmo período de setembro.

A primeira leitura do IGP-M de outubro foi feita com base na variação dos preços entre os dias 21 e 30 de setembro.