Colômbia dá aval a resgate de reféns mantidas pelas Farc

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008 19:37 BRST
 

BOGOTÁ (Reuters) - A Colômbia autorizou uma missão da Venezuela a receber duas reféns que a guerrilha esquerdista prometeu entregar ao presidente Hugo Chávez, anunciou na quarta-feira o Comitê Internacional da Cruz Vermelha.

"Vamos participar desta missão anunciada pelo presidente Chávez e aprovada pelo governo da Colômbia", disse à Reuters um porta-voz da Cruz Vermelha em Bogotá.

Essa é a segunda vez que a Colômbia autoriza uma missão humanitária depois que, em 31 de dezembro, fracassou um plano que buscava resgatar das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) as políticas Consuelo González, Clara Rojas e o filho desta, Emmanuel.

A guerrilha só liberará as mulheres após ter admitido que não tinha em seu poder Emmanuel, filho que Rojas teve no cativeiro com um rebelde, e que está sob proteção do governo colombiano desde 2005.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)