Governo media e Ocean Air assume temporariamente operação da BRA

sexta-feira, 9 de novembro de 2007 19:54 BRST
 

Por Rodrigo Viga Gaier e Isabel Versiani

RIO DE JANEIRO/BRASÍLIA (Reuters) - Por intermediação do governo, a Ocean Air, do empresário German Efromovich, assumirá nos próximos dias as operações da companhia aérea BRA, que interrompeu as atividades esta semana.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou nesta sexta-feira em nota que, neste fim de semana, a Ocean Air já se responsabilizará pelo transporte de passageiros de pacotes turísticos da BRA.

Na próxima semana, serão acertados os detalhes de um acordo temporário de cooperação entre as duas companhias, provavelmente com duração de três meses.

Questionado se o entendimento poderia se encaminhar para um acordo definitivo, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, afirmou que essa é uma questão que cabe às empresas decidir.

"Por ora, o que importa é que vai-se resolver o problema dos 50 mil clientes. Espero que, depois, se torne definitivo", afirmou Jobim a jornalistas.

"Ou a BRA consegue superar a situação, ou há uma negociação da BRA com a Ocean Air para uma incorporação. São especulações para o futuro", acrescentou.

O brigadeiro Allemander Pereira, diretor da Anac, informou que o acordo temporário valerá "provavelmente por 90 dias".

A companhia BRA Transportes Aéreos, que enfrenta crise financeira, anunciou na terça-feira a suspensão temporária de todos os seus vôos e a demissão dos 1.100 funcionários.   Continuação...