RPT-Mantega e Meirelles concordam no combate à inflação--Múcio

segunda-feira, 9 de junho de 2008 17:01 BRT
 

(Repete para corrigir erro de digitação)

BRASÍLIA, 9 de junho (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmaram em reunião ministerial com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva que o governo está no caminho certo em sua política de combate à inflação.

Vozes normalmente discordantes sobre a política de juros, Mantega e Meirelles teriam feito um discurso afinado, segundo relato do ministro das Relações Institucionais, José Múcio.

"O ministro Mantega falou que o aumento teria sido necessário para que nós mantivéssemos a inflação e o quadro econômico sob controle, e que os números mostravam um quadro favorável", disse Múcio.

O discurso destoa do tom normalmente adotado por Mantega. Em cerimônia de balanço do Programa de Aceleração do Crescimento na semana passada, por exemplo, o ministro afirmou que o controle fiscal era a principal medida adotada pelo governo no controle à inflação.

Segundo Múcio, tanto Mantega, quanto Meirelles enfatizaram que o país está no no caminho correto.

"Esse último aumento foi exatamente uma ferramenta para que mantivéssemos a inflação sob controle", disse Múcio, referindo-se à última decisão do Comitê de Política Monetária, que elevou a taxa básica de juros em 0,5 por cento pela segunda vez consecutiva.

Perguntado se o presidente solicitou alguma explicação sobre a medida, Múcio disse que a iniciativa partiu dos próprios ministros.

"A decisão não foi de uma pessoa só, foi de grupo que administra isso, e foi necessária para manter a inflação sob controle", afirmou Múcio.

(Texto de Mair Pena Neto; Edição de Isabel Versiani)