Negociações entre Citi e Wells Fargo sobre Wachovia travam

quinta-feira, 9 de outubro de 2008 08:33 BRT
 

BANGALORE, Índia, 9 de outubro (Reuters) - As negociações entre o Citigroup (C.N: Cotações), o Wells Fargo & Co (WFC.N: Cotações) e o governo norte-americano sobre como dividir o Wachovia WB.N entre os dois interessados travaram em diversos pontos importantes na quarta-feira, informou o The Wall Street Journal, citando fontes familiares à situação.

Após análise profunda dos números do Wachovia, o Citigroup e o Wells Fargo se surpreenderam com a concentração de ativos considerados por eles de baixa qualidade, informou o jornal.

Ambos os bancos estavam preocupados que a compra mesmo de uma parte do Wachovia pudesse sobrecarregá-los com perdas maiores que o esperado inicialmente, divulgou o jornal.

Os dois possíveis compradores também disputavam o sistema de computadores usado pelas unidades de varejo do Wachovia, disse ao jornal uma pessoa familiar à discussão.

O Citigroup quer o controle total do sistema do Wachovia quando o negócio for fechado, enquanto o Wells Fargo quer que o sistema seja dividido temporariamente, informou o jornal.

Pessoas próximas às discussões disseram ao jornal que elas continuam esperançosas em relação à chegada a um acordo.

Um porta-voz do Citigroup recusou-se a comentar. O Wells Fargo não respondeu imediatamente às ligações em busca de comentários.

(Reportagem de Ajay Kamalakaran)