Crise deve atingir crescimento de Brasil e China, diz FMI

quinta-feira, 9 de outubro de 2008 11:17 BRT
 

WASHINGTON, 9 de outubro (Reuters) - O Brasil, uma economia de forte crescimento nos anos últimos anos, será atingido pela crise financeira global, mas seus fortes fundamentos econômicos ajudarão o país a passar por ela, disse o diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, nesta quinta-feira.

A China também não estará imune à crise financeira global, mas sua taxa de crescimento no geral deve permanecer alta, acrescentou ele.

(Reportagem de James Dalgleish)