9 de Setembro de 2008 / às 20:52 / em 9 anos

PANORAMA2-Lehman desaba e aflige mercado já traumatizado

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 9 de setembro (Reuters) - O medo de mais um colapso de grandes proporções no setor financeiro norte-americano sacudiu os mercados nesta terça-feira, com intensa queda das bolsas de valores e disparada do dólar frente ao real.

Apenas seis meses após a quebra do Bear Stearns, a desconfiança do mercado recai agora sobre o Lehman Brothers LEH.N, quarto maior banco de investimento dos Estados Unidos. As ações da instituição despencaram mais de 40 por cento com a dificuldade do banco em encontrar fontes de financiamento após problemas com a dívida ligada ao setor imobiliário.

“As muitas oportunidades para o Lehman parecem estar diminuindo. Os investidores, obviamente, estão começando a ficar preocupados com a estabilidade financeira deles no longo prazo”, disse William Lefkowitz, estrategista de opções da corretora vFinance Investments, em Chicago.

A incerteza atingiu um mercado já frágil. Nos últimos dias, o governo norte-americano anunciou um plano de socorro às duas maiores agências de hipotecas do país e investidores se assustaram com o aumento das chances de uma recessão nas maiores economias do mundo.

As bolsas de valores dos EUA tiveram baixa de mais de 2 por cento. O preço dos títulos do Tesouro norte-americano, por sua vez, dispararam com a procura dos investidores por ativos considerados porto seguro.

No Brasil, a saída de estrangeiros agravou a situação da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que perdeu o patamar dos 49 mil pontos. O dólar disparou mais de 2 por cento e fechou no mesmo nível do início do ano.

Veja como encerraram os principais mercados nesta terça-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,773 real, em alta de 2,19 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 3,638 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa perdeu 4,5 por cento, a 48.435 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 5,04 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros despencou 7,06 por cento, a 27.594 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em alta na BM&F. O DI janeiro de 2010 subiu a 14,82 por cento, enquanto o DI janeiro de 2012 avançou a 14,25 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, caía para 131,625 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,46 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil avançava 16 pontos, a 270 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 330 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI perdeu 2,43 por cento, a 11.230 pontos. O Nasdaq .IXIC caiu 2,64 por cento, para 2.209 pontos. O índice S&P 500 .SPX despencou 3,41 por cento, aos 1.224 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento recuava para 3,59 por cento no final da tarde ante 3,69 por cento na segunda-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Reportagem adicional de Aluísio Alves e Vanessa Stelzer; Edição de Daniela Machado

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below