Wall St recua com petróleo acima de US$112 e UPS

quarta-feira, 9 de abril de 2008 18:11 BRT
 

Por Kevin Plumberg

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas norte-americanas caíram nesta quarta-feira após o United Parcel Service reduzir fortemente sua previsão de resultado trimestral e também em reação aos preços recordes do petróleo, acima de US$112 o barril, que afetam as perspetivas dos resultados corporativos.

O índice Dow Jones teve baixa de 0,39 por cento, a 12.527 pontos. O Standard & Poor's 500 caiu 0,81 por cento, a 1.354 pontos. O Nasdaq retrocedeu 1,13 por cento, a 2.322 pontos.

O UPS citou tanto a fraca perspectiva econômica quanto os altos preços do combustível como fatores que a leveram a rebaixar seu prognóstico, alimentando temores de que a crise do mercado imobiliário e de crédito esteja se espalhando.

Ações do UPS, consideradas como um termômetro da atividade econômica dos Estados Unidos, caíram 3,7 por cento e, junto com os altos preços do petróleo, puxaram as ações do setor de transporte.

Os preços do petróleo subiram após o governo divulgar dados mostrando uma surpreendente baixa nas reservas da commodity na última semana.

A General Electric, que reportará seu resultado na sexta-feira, também recuou e foi a maior baixa do índice S&P 500.

"As empresas de engenharia e construção estão sob pressão. A razão é a percepção de que eles não serão poupados", disse Stanley Nabi, vice-chairman do Silvercrest Asset Management Group.

"Todas estas empresas industriais estão sob pressão pelo temor de que a crise que vivemos se espalhará além do mercado imobiliário", disse ele.