BOLSA EUROPA-Ações fecham em queda por temores com crédito

sexta-feira, 9 de novembro de 2007 15:08 BRST
 

PARIS, 9 de novembro (Reuters) - As bolsas européias fecharam em seu menor nível em sete semanas nesta sexta-feira à medida que investidores continuaram a rejeitar as ações do setor bancário devido às persistentes preocupações com o crédito enquanto as ações de tecnologia caíram por temores sobre as perspectivas do setor.

Segundo dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300 .FTEU3, que reúne as principais ações das empresas européias, caiu 1,56 por cento, para 1.511 pontos.

O principal índice europeu acumula queda de 5,3 por cento neste mês, e teve perdas de 3,1 por cento nesta semana.

O Royal Bank of Scotland (RBS.L: Cotações) caiu 3 por cento, e a Ericsson (ERICb.ST: Cotações) desvalorizou 3,5 por cento

"Não toque nos bancos e nas empresas de serviços financeiros e seguradoras. Não é apenas uma questão de registrar perdas contábeis de alguns empréstimos, é também o efeito contínuo do aperto do crédito atingindo seus negócios", disse Pierre Sabatier, estrategista na FactSet, em Paris

Em LONDRES, o índice Financial Times .FTSE fechou em queda de 1,21 por cento, a 6.304 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX registrou oscilação negativa de 0,09 por cento, para 7.812 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 .FCHI caiu 1,91 por cento, para 5.524 pontos.

Em MILÃO, o índice Mibtel .MIBTEL encerrou em baixa de 1,88 por cento, a 29.445 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 .IBEX registrou desvalorização de 1,35 por cento, para 15.731 pontos.

Na contramão da região, em LISBOA, o índice PSI20 .PSI20 teve alta de 2,14 por cento, para .13.323 pontos.