Citi eleva recomendação de UNIBANCO e reduz BRADESCO

terça-feira, 9 de outubro de 2007 11:19 BRT
 

SÃO PAULO, 9 de outubro (Reuters) - O Citigroup (C.N: Cotações) elevou nesta terça-feira recomendação de investimentos nas ações do Unibanco e reduziu classificação dos papéis do Bradesco. O banco revisou seus modelos de estimativas de lucro após os balanços de segundo trimestre das instituições financeiras.

A classificação das ações do Unibanco foram elevadas de "Hold/Medium Risk" (manter) para "Buy/Medium risk" (comprar), mesma classificação mantida para o Itaú, enquanto as ações do Bradesco foram reduzidas de "Buy/Medium Risk" para "Hold/Medium Risk".

Os preços-alvos também foram alterados. O Itaú ITAU4.SA teve o preço-alvo de seus papéis aumentado para 70 reais em um ano. As units do Unibanco UBBR11.SA tiveram preço alvo elevado para 32,50 reais por ação. Os papéis do Bradesco (BBDC4.SA: Cotações) tiveram elevação no preço-alvo para 65 reais.

O Citi afirma em relatório que o motivo da revisão foi a incorporação dos resultados do segundo trimestre de 2007 em suas avaliações, elevando as projeções de lucro por ação de Itaú e Unibanco e reduzindo a do Bradesco.

As ações dos bancos eram negociadas nesta manhã em alta. Por volta das 11h20, Itaú estava em 50,20 reais, com alta de 0,6 por cento; Unibanco em 26,80 reais, com alta de 1,5 por cento; o Bradesco subia 0,33 por cento, negociadp a 57,84 reais. A Bovespa se valorizava 0,55 por cento, em 63.005 pontos.