9 de Junho de 2008 / às 19:26 / 9 anos atrás

Fluxo e arbitragem fazem dólar fechar em baixa, a R$1,627

Por Fabio Gehrke

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar encerrou em queda nesta segunda-feira, apesar do mau humor dos mercados acionários, acompanhando o fluxo de entrada de recursos no país.

A moeda norte-americana caiu 0,49 por cento, a 1,627 real. No ano, a divisa já acumula queda de mais de 8 por cento.

“O dólar está em linha com o fluxo, e temos um ligeiro fluxo (positivo)”, afirmou Marcos Forgione, analista da Hencorp Commcor Corretora.

Forgione acrescentou que a tendência da moeda norte-americana continua sendo de queda, principalmente com “os juros em alta e fortes expectativas inflacionárias”.

Na última quarta-feira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central elevou a taxa Selic pela segunda vez consecutiva, para 12,25 por cento ao ano.

Segundo levantamento feito pelo BC, o mercado financeiro elevou para 5,55 por cento a estimativa para a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano.

Para o gerente de câmbio de um banco estrangeiro que não quis ser identificado, o mercado cambial ainda está bastante concentrado nos mercados externos.

“O mercado (interno) está atento a qualquer situação lá fora, e o dólar reflete isso”, afirmou.

Nesta segunda-feira, o índice Dow Jones apresentava alta, mas a valorização era limitada por notícias de mais impactos da crise de crédito sobre instituições financeiras.

Os índices Nasdaq e Standard & Poor’s 500 operavam no vermelho. A Bovespa apresentava baixa de pouco mais de 1,0 por cento.

“O Dow Jones reverteu um pouco (as máximas da sessão) com problemas com bancos, mas hoje o fluxo e a arbitragem estão segurando esse dólar (em queda)”, acrescentou o gerente, lembrando que os fundamentos da economia brasileira continuam atrativos para os investidores estrangeiros.

No meio da sessão, o BC realizou um leilão de compra de dólares no mercado à vista. A autoridade monetária definiu taxa de corte em 1,6239 real e aceitou, segundo operadores, ao menos quatro propostas.

Edição de Daniela Machado

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below