RPT-Honeywell diz ter ganho contrato de US$23 bi com EMBRAER

quarta-feira, 9 de abril de 2008 07:10 BRT
 

(Repete texto publicado na noite da véspera)

Por Scott Malone

BOSTON, 9 de abril (Reuters) - A fabricante norte-americana Honeywell International (HON.N: Cotações) afirmou na terça-feira que conquistou um contrato de 23 bilhões de dólares para fornecer turbinas para os jatos empresariais da brasileira Embraer (EMBR3.SA: Cotações).

É a primeira vez em que a Honeywell vende turbinas à Embraer, que compete com o Cessna, da Textron (TXT.N: Cotações), e o Gulfstream, da General Dynamics (GD.N: Cotações), no crescente mercado de jatos empresariais.

A Honeywell, que é a maior fabricante mundial de cockpits, espera começar a produzir e embarcar as turbinas em 2011, já que o novo avião da Embraer entrará em ação em 2012, disse Rob Wilson, presidente de negócios e de aviação geral da Honeywell.

Ele estima que a Embraer venderia cerca de 1.200 aviões bimotor MSJ/MLJ, que transportam entre seis e oito pessoas e que têm alcance de aproximadamente 3.000 milhas náuticas (5.556 quilômetros) nos 20 a 25 anos de vida do programa.

O valor estimado de 23 bilhões de dólares do contrato inclui manutenção, peças e turbinas extras, além das originais, ao longo da vida projetada para as aeronaves, disse ele.