RPT-PETROBRAS suspende na Justiça cobrança de R$ 1,3 bi da ANP

segunda-feira, 9 de junho de 2008 07:31 BRT
 

(Repete texto publicado na noite de sexta-feira)

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras (PETR4.SA: Cotações) informou na sexta-feira que obteve na Justiça um mandado de segurança contra a cobrança de participação especial sobre a produção do campo de Marlim, calculada em 1,305 bilhão de reais.

O mandado suspende a cobrança das diferenças de Participação Especial --feita sobre campos com grande produtividade-- até que seja observado o processo legal.

A Petrobras foi comunicada pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) sobre a cobrança em 20 de maio e contestou judicialmente o valor calculado pela autarquia.

(Reportagem de Denise Luna; Edição de Maurício Savarese)